Palavra do Padre

Ano novo: esperança que se renova

“O Senhor te abençoe e te guarde! O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face,e se compadeça de ti!
O Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz! (Nm 6)”

 

Amados irmãos e irmãs,

Venho até vocês no início deste novo ano para convidá-los a agradecer os dons que recebemos no ano que terminou. Os dons que cada um recebeu e os dons que toda nossa Igreja recebeu.

Ao iniciarmos este novo ano pastoral descortinam-se diante de nós as oportunidades que Deus nos oferece para realizarmos nossa vida como pessoas, segundo seu projeto, e a oportunidade de participarmos na construção de nossa Igreja.

Todos temos necessidade dos outros para florescermos e darmos frutos: “Tenho necessidade do outro para ser eu mesmo”. O meu destino é tornar-me eu mesmo para beneficiar os outros. Esta é a Boa Nova que Jesus trouxe ao mundo. Deus nos ama, doa-se a nós e convida-nos a amarmos uns aos outros.

Iniciando um novo ano, cheio de esperança, quero formular votos de paz e de abundantes bênçãos para você e para todas as famílias de nossa Paróquia. Que todos nós estejamos firmes e empenhados, neste ano de 2019, a trabalhar, sem medir esforços, na promoção da justiça e da paz.

Neste ano novo, repleto de possibilidades e esperanças, renova-se nosso compromisso com o Senhor. Somos convidados a entregar a ele toda a nossa vida, os nossos projetos, alegrias e angústias.

Neste mês, nossa Igreja nos recorda de grandes acontecimentos da nossa salvação, bem como de grandes santos. Iniciamos ainda no ciclo do Natal, com a Solenidade da Epifania do Senhor, em que Jesus se manifesta como Senhor também aos pagãos, e na semana seguinte, a Festa do Batismo do Senhor, marcando o início da vida pública de Jesus, em que ele é apresentado como o Messias enviado do Pai. Celebraremos ainda no próximo dia 25 a Conversão de São Paulo, conhecido como Apóstolo dos gentios, por ter desenvolvido seu apostolado entre aqueles que não eram judeus.

Janeiro é costumeiramente um mês de férias. Sabemos que o próprio Deus descansou ao sétimo dia, após completar a obra da criação (Gn 2,2), demonstrando a importância de parar em determinados momentos de nossa vida para restaurar nossas forças. No entanto, como cristãos, somos chamados a ressignificar este tempo:mais que um tempo de lazer e descanso apenas, fazê-lo ocasião de proximidade com nosso Deus. Quem sabe, nestes dias não seja a oportunidade que você está precisando para rezar um pouco mais? Fazer um bom exame de consciência, e se jogar nos mananciais da misericórdia divina, através da Confissão? Participar da Eucaristia… Ler algum bom livro cristão… Enfim, é certo que o tempo passa diante de nós, e devemos aproveitá-lo da melhor forma. Lembro ainda que, como cristãos, nosso compromisso com o Senhor pela participação no Santo Sacrifício da Missa não conhece férias! A cada domingo temos o nosso encontro semanal com o Senhor, que vem nos falar pela sua Palavra e alimentar-nos com o seu Corpo. É Deus vindo ao nosso encontro! Ele quer estar conosco!

Com meu abraço e minha bênção tenham todos vocês um ano repleto de muita esperança e paz.

Pe. Ueliton Neves da Silva
Pároco

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

EVENTOS

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 « ‹ago 2019› »