Palavra do Padre

Mês da Bíblia A Palavra de Deus é viva e eficaz

Queridos irmãos e irmãs,
Diletos paroquianos,

Tradicionalmente, setembro é conhecido em nossas comunidades como o mês da Bíblia. Trata-se de uma proposta para que renovemos uma prática que deve ser uma constante em nossas vidas e na pastoral da Igreja: o contato direto com a Palavra de Deus, a fim de que ela ilumine nossos passos de discípulos missionários de Jesus Cristo pelos caminhos da história e sempre tendo os olhos fixos no horizonte do Reino.

“A Igreja venerou sempre as divinas Escrituras como venera o próprio Corpo do Senhor, não deixando jamais, sobretudo na sagrada Liturgia, de tomar e distribuir aos fiéis o pão da vida, quer da mesa da Palavra de Deus quer da do Corpo de Cristo. Sempre as considerou, e continua a considerar, juntamente com a Sagrada Tradição, como regra suprema da sua fé” (Dei Verbum 21).

Somos convidados, na caminhada pastoral, missionária e evangelizadora da Igreja, a refletirmos neste mês o tema “Para que nele nossos povos tenham vida” (Sb1,1-6,21) e lema “A sabedoria é um espírito amigo do ser humano”.

O Mês da Bíblia, criado em 1971 com a finalidade de instruir os fiéis sobre a Palavra de Deus e a difusão da Bíblia, também foi fundamental para aproximar a Bíblia do povo de Deus. Propondo um livro – ou parte dele – para ser estudado e refletido a cada ano, o Mês da Bíblia tem contribuído eficazmente para o crescimento da animação bíblica de toda pastoral.

Sabemos que a Bíblia, desde sempre, faz parte da caminhada do povo de Deus. A partir do Concílio Vaticano II, marco fundamental para o florescimento de uma Pastoral Bíblica da Igreja no Brasil, a Bíblia foi conquistando espaço e recuperando sua condição de valor fundamental na vida e na missão da Igreja.

Por isso são de grande valor todas as iniciativas que ajudem nosso povo a aprofundar seu conhecimento da Palavra e a criar maior familiaridade com ela, tornando-a cada vez mais presente em sua caminhada.

O que a Palavra de Deus me diz, ainda hoje, aqui e agora? Deus fala, ainda hoje, e as palavras são dirigidas a todas as pessoas. Este é o grande mistério da Palavra de Deus. Para cada um dirige pessoalmente a sua voz.

Fé na Palavra, que dá a vida! A Palavra que é dirigida a mim, pessoalmente, é a fonte da verdadeira vida. A Palavra deve ser assumida com uma fé profunda, que é sempre dirigida a mim – aqui e agora!

Portanto aproveitemos, meus irmãos e irmãs, a graça do mês de setembro para criarmos maior familiaridade com a Palavra de Deus. Procuremos dar-lhe um lugar de destaque em nossas casas e tirarmos alguns minutos do dia para lermos algum texto bíblico. Se tivermos oportunidade, participemos dos grupos de reflexão e estudos da Bíblia.

Que São Jerônimo, tradutor e exegeta das Sagradas Escrituras nos ajude a traduzir a Palavra de Deus em nossos gestos e ações, colocando-a em sintonia com os nossos passos, como uma semente que cai em terra fértil, para que os frutos sejam abundantes e saborosos.

Que Deus vos abençoe, vos ilumine e vos guarde.

Pe. Ueliton Neves da Silva

Palavras Chave

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

EVENTOS

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2018› »