Notícias da Paróquia

Sermão do Encontro no Santuário São Geraldo Majela – Itabira

Nesta quarta-feira santa, dia 17 de abril, aconteceu no Santuário São Geraldo Majela, o Sermão do Encontro do Senhor dos Passos e de Nossa Senhora das Dores a caminho do Calvário.

Logo após a santa missa, a imagem de Nosso Senhor dos Passos saiu em procissão da comunidade São Geraldo e a de Nossa Senhora das Dores da comunidade Nossa Senhora de Fátima. Ambas se encontraram no Santuário São Geraldo Majela, onde aconteceu o Sermão do Encontro pregado pelo Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Penha e São Geraldo, Pe. Ueliton Neves da Silva.

A celebração do encontro é a representação do encontro de Jesus e Maria Santíssima na Via Crucis. Dentro da Semana Santa, também chamada de “A Grande Semana”, em muitas paróquias realiza-se a “Procissão do Encontro” entre: o Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores.

Na Sagrada Escritura é encontrado o relato da paixão de Cristo, quando muitas pessoas acompanhavam Jesus no caminho do calvário. Certamente sua Mãe Santíssima também o acompanhava neste caminho doloroso. A tradição católica, para relembrar este momento tão emocionante, criou a Procissão do Encontro. A procissão do encontro é uma prática religiosa popular muito antiga. Maria éa discípula fiel que não deixa o Senhor sozinho.

Esse gesto e atividade nos fazem refletir sobre o sentido desse encontro. Vemos Maria firme na companhia de Seu Filho Amado. Esta firmeza de Maria a aproxima do Filho sofredor e se encaminha com Ele para a cruz. Maria é, portanto, a discípula fiel que não deixa o Senhor sozinho. Jesus é vítima da violência contida no coração dos homens, é vítima do abandono por parte dos amigos, da rejeição por parte da classe religiosa da época, do escárnio dos romanos que irão executar uma pena arquitetada contra um inocente.

A mãe de Jesus está lá, marcada pela dor e pelo sofrimento, mas permanece em pé, firme e disposta a seguir seu Filho para o extremo da cruz! Acompanhar os sofredores é uma forma de amenizar o sofrimento. Compadecer-se de quem sofre é uma maneira de diminuir a carga. Vislumbrando Maria que acompanha Jesus em sua caminhada, nós vemos reluzir em um destaque no altar da cruz o sacrifício de Deus, que se entrega por amor de nós, e em outra instância vemos acontecer no coração de Maria, que se faz presente no sofrimento do Filho, o que Jesus deseja que aconteça na vida de cada um de nós: a purificação de nossa vida por meio do Sacrifício da cruz. Então, tomando a sério como esta afirmação merece, diremos sem dúvida alguma que Maria é o modelo mais concreto da santificação que Jesus nos concede por meio de sua vida entregue na cruz pelos pecadores. É o poder que emana da cruz que nos possibilita carregar a nossa cruz. Maria nos ensina como se comportar diante da cruz, pois sem cruz não há salvação. A salvação passa pela cruz.

Nosso Senhor dos Passos faz memória ao trajeto percorrido por Jesus Cristo desde sua condenação à morte no pretório até o seu sepultamento, após ter sido crucificado no Calvário. A história dessa devoção remonta à Idade Média, quando os cruzados visitavam os locais sagrados de Jerusalém por onde andou Jesus a caminho do martírio, e quiseram depois reproduzir espiritualmente este caminho, quando voltaram à Europa, sob forma de dramas sacros e procissões, ciclos de meditação, ou estabelecendo capelas especiais nos templos.

A devoção a Nossa Senhora das Dores possui fundamentos bíblicos, pois é na Palavra de Deus que encontramos as sete dores de Maria: o velho Simeão, que profetiza a lança que transpassaria (de dor) o seu Coração Imaculado; a fuga para o Egito; a perda do Menino Jesus; a Paixão do Senhor; crucifixão, morte e sepultura de Jesus Cristo.

Portanto, na Celebração do Encontro nós somos chamados a refletir este caminho doloroso percorrido por Nosso Senhor Jesus Cristo junto a Nossa Senhora até o calvário, caminho onde Jesus remiu os nossos pecados, e nos mostrou o Maior ato de amor. O Caminho do Calvário onde Jesus se ofertou por amor, já com o Seu coração depositado em nós, para que alcancemos a vida eterna.

Pascom Paroquial – Paróquia Nossa Senhora da Penha
Fotos: De Fato Itabira

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

EVENTOS

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 « ‹ago 2019› »