Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 21 de outubro de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 21 de outubro de 2021

Círculo São Pedro relança serviço a excluídos. Em Roma, novos caminhos para caridade

25/06/2021 . Notícias da Igreja

O Círculo respondeu prontamente à crise causada pela Covid já com a campanha “Não tenho casa”, lançada em pleno primeiro lockdown. E depois prosseguiu, ao longo do ano, imaginando novas formas de continuar “a ser Círculo São Pedro”, superando os obstáculos impostos pela emergência social e sanitária a fim de ajudar concretamente as pessoas em dificuldade. Desde janeiro, mais de mil refeições já foram distribuídas. Tudo isso é “um gigantesco patrimônio de amor que devemos custododiar”, afirma-se

Celebrar a memória dos santos Pedro e Paulo “significa, mais uma vez, levar a sério nossa fé e nosso compromisso cristão de nos colocarmos a serviço do outro”. Com esta exortação, o assistente eclesiástico do Círculo de São Pedro, em Roma, monsenhor Franco Camaldo, relançou a missão dos membros e voluntários da associação que, na noite de quarta-feira 23 de junho, participaram da celebração eucarística na Basílica papal de Santa Maria Maior – no centro de Roma -, na proximidade da festa do santo padroeiro.

“Todos nós, hoje, somos chamados a celebrar a memória confirmando nossa fé no Senhor – disse monsenhor Camaldo – porque é intrínseca à própria fé a necessidade de prová-la, como dizem as Escrituras, no fogo como ouro no cadinho. O martírio dos santos Pedro e Paulo nos diz como ser cristão significa estar pronto a arriscar a vida, a partir de nossas raízes.”

Círculo respondeu prontamente à crise causada pela covid-19

Em sua saudação, o presidente do Círculo São Pedro, Niccolò Sacchetti, destacou a importância de ser fiel à própria história e às próprias raízes. Em um período tão complexo, disse ele, é “ainda mais evidente como é importante poder contar com raízes fortes e profundas”.

O Círculo respondeu prontamente à crise causada pela covid-19 já com a campanha #iononhocasa (eu não tenho casa, ndr), lançada em pleno primeiro lockdown. E depois prosseguiu, ao longo do ano, imaginando novas formas de continuar “a ser Círculo São Pedro”, superando os obstáculos impostos pela emergência social e sanitária a fim de ajudar concretamente as pessoas em dificuldade.

Iniciativa “A refeição do domingo”

Em particular, por exemplo, com a “exposição primaveril” foi possível conhecer os itens disponíveis – para dar uma forma de contribuir para o apoio das obras de solidariedade – através de “passeios virtuais” na sede do Palácio São Calisto.

Já a iniciativa “A refeição do domingo” é um projeto que, em vista do fechamento dominical de muitas instalações de assistência, oferece aos membros e voluntários a oportunidade de cozinhar para os assistidos, de acordo com as normas.

Mais de mil refeições distribuídas este ano

“Manter a tradição, de acordo com a evolução que o momento requer, é exatamente aquilo de que o Círculo precisa”, explicou Sacchetti. Tanto assim que “‘A refeição do domingo’, que agora também se tornou a refeição da segunda-feira, e amanhã quem sabe”, acrescentou o presidente, “é um polo atrativo para muitas pessoas que querem ajudar o próximo”.

Desde janeiro, mais de mil refeições já foram distribuídas, sob a orientação cuidadosa e profissional da Comissão cozinhas econômicas, e há mais de 220 voluntários que seguiram o curso específico”. Tudo isso, concluiu o presidente, é “um gigantesco patrimônio de amor que devemos custodiar com muito cuidado”.

(L’Osservatore Romano)

Vatican News

Foto de Capa: Vatican Media