Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 18 de outubro de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 18 de outubro de 2021

Coordenação realiza reunião online com finalistas dos Prêmios de Comunicação da CNBB

23/09/2021 . Notícias da Igreja

A coordenação dos Prêmios de Comunicação da CNBB realizou na terça-feira, 21 de setembro, uma reunião online com os três finalistas de cada categoria dos prêmios. Além dos finalistas participaram o presidente da Comissão para a Comunicação da CNBB, dom Joaquim Giovani Mol; o membro da Comissão para a Comunicação, dom Edilson Soares Nobre; o coordenador dos Prêmios, Rafael Alberto e a assessora de comunicação da CNBB, Manuela Castro.

Segundo Rafael, o momento serviu para  “poder nos olhar um pouco”. A primeira palavra, de acordo com ele, era é a de alegria e de agradecimento a todos. “Esse ano foi um ano diferente. Já desde o ano passado, os prêmios tiveram que se adaptar a todas as adversidades possíveis e o trabalho de vocês também mostra a importância da comunicação nesse momento tão difícil que estamos vivendo”, disse. 

A ideia do encontro, conforme Rafael, era a de primeiramente conhecer os finalistas, porque “uma das características dos prêmios é fazer a comunhão entre os comunicadores de vários lugares do Brasil”.É importante sempre frisar que os Prêmios de Comunicação da CNBB são uma iniciativa da CNBB, porém a responsabilidade da organização é da Comissão para a Comunicação, que é presidida por dom Mol”, frisou Rafael. 

Ser amigos dos outros

Na reunião, o presidente da Comissão para a Comunicação da CNBB, dom Joaquim Giovani Mol, enfatizou em sua apresentação que ser amigo dos outros, mesmo que muitos estivessem se conhecendo no momento, é uma meta fundamental do ser humano, aliás, segundo dom Mol, essa foi uma orientação muito bonita de Jesus. “Ele não queria chamar mais as pessoas de servo, mas de amigos, ele disse isso – amigos. E eu os chamo de amigos não porque estabelecemos uma relação de amizade entre nós nesse momento, mas porque somos cúmplices em uma missão”, disse dom Mol.

“Somos um só corpo, o corpo da beleza, do belo. O belo que se expressa pelo cinema, por uma reportagem, pelo teatro, um programa de TV, por algo que circula na internet. Somos um só corpo a revelar, mostrar o belo que se expressa de formas diversas. Isto então nos faz irmãos e amigos. Somos todos interessados na cultura, no belo, aliás isso é um pensamento muito bonito da teologia cristã, porque ela diz que há o belo puro, o belo puro tem nome para a teologia – é Deus. Por isso nós somos cúmplices”. 

Dom Mol enfatizou que o trabalho desenvolvido pelos participantes se tornou objeto de uma premiação da CNBB, que é uma instituição sólida no Brasil. “Quando a CNBB premia você, a Igreja quer mostrar para a sociedade aquilo que vocês são capazes de fazer, porque de alguma forma aquilo que vocês são capazes de fazer com tanta delicadeza revela o interior de cada um de vocês”, salientou. 

“O prêmio é para o produto, que chamou atenção, que foi aprovado por universitários, universidades que avaliaram o trabalho de vocês, mas o prêmio em primeiro lugar é para a sua pessoa, o seu interior, o seu jeito de fazer as coisas, de ser presença no mundo, então a Igreja quer incentivar o trabalho de vocês e para que vocês continuem sendo presença ilustre”. 

Ainda na ocasião, dom Mol alegou que a Igreja Católica não prescinde da cultura, e que na verdade é ao contrário, a cultura é que é um campo de atuação da Igreja. “A Igreja é responsável por um mundo de instituições aderentes ao mundo da cultura e tem um cuidado muito especial com a cultura. Esses prêmios representam um diálogo com vocês, com a cultura, com gente da cultura que tem um papel ainda mais especial”, disse. 

“Fico muito encantado com o que vocês são capazes de fazer e peço que vocês se multipliquem muitas vezes, para que de fato a sociedade não seja resultado de um esgoto, mas a sociedade seja ela mesma uma grande cultura da vida que valoriza as coisas interessantes e bonitas da vida”. 

Por fim, dom Mol agradeceu ao coordenador de comunicação dos Prêmios, Rafael Alberto, e também a dom Edilson Soares Nobre, membro da Comissão para a Comunicação da CNBB. 

Cerimônia de anúncio dos ganhadores 

Rafael Alberto explicou durante a reunião que a cerimônia de anúncio dos ganhadores, de cada uma das categorias dos Prêmios, será transmitida pelas televisões de inspiração católica no dia 20 de outubro. “Os vencedores só serão conhecidos a partir de 20 de outubro”, enfatizou. 

Também explicou que cada categoria do prêmio tem um troféu específico e que, como a cerimônia será realizada de modo remoto, os bispos das dioceses dos ganhadores farão as entregas. “Os 15 ganhadores receberão os prêmios por meio de suas dioceses”, explicou Rafael.  

Os finalistas 

Ao final, alguns dos finalistas tiveram a oportunidade de falar e agradeceram a CNBB pelo trabalho realizado e demonstraram sua felicidade quanto ao reconhecimento que o prêmio proporciona.

Por fim, dom Edilson disse que o mais interessante de todo o trabalho que a CNBB realiza é que a Comissão organizadora, da qual ele faz parte, busca identificar trabalhos significativos, de relevância tanto no interior da Igreja como fora. “As equipes que trabalharam levaram em consideração qualidade técnica, conteúdo e valores”.

De acordo com ele, de um certo modo os trabalhos que foram classificados procuram dar essa ênfase e ajudam a sociedade a identificar valores. “O esforço nosso tem sido grande”, salientou.

Saiba quem são os finalistas dos Prêmios de Comunicação.

CNBB