Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 04 de agosto de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 04 de agosto de 2021

Diocese de Leopoldina faz doações de máscaras para Casa de Caridade e Asilo Santo Antônio

17/03/2021 . Notícias da Igreja

A Diocese de Leopoldina conseguiu viabilizar através do ‘Movimento Um Milhão de Máscaras’ doações para duas instituições de Leopoldina, que receberam máscaras em TNT industrial, de proteção de civilidade em tecido e com reaproveitamento de SMS hospitalar.

Foram contemplados o Asilo Santo Antônio de Leopoldina, associação de atendimento beneficente de assistência social, que presta atendimento a idosos na região e a Casa de Caridade Leopoldinense, entidade filantrópica de atendimentos de urgência e emergência, sendo o principal hospital de Leopoldina e referência regional de internações e tratamento do Covid-19.

Ao todo foram doadas 1350 máscaras, sendo a distribuição feita de acordo com a demanda apresentada pelas instituições, cadastradas no site www.ummilhaodemascaras.com.br e entregues nesta segunda-feira, 15 de março de 2021, pelo bispo diocesano, dom Edson Oriolo, na Cúria Diocesana de Leopoldina. Estiveram presentes a provedora da Casa de Caridade Leopoldinense, a senhora Vera Maria do Vale Pires, acompanhada de Eliza Otília Xavier de Oliveira (tesoureira) e Luiz Alex Pereira Silva (coordenador de compras), além da presença de Paulo Roberto Rocha, do Asilo Santo Antônio. Através do site do ‘Movimento Um Milhão de Máscaras’ é possível cadastrar outras instituições que precisam de doações. (Clique aqui e saiba mais)

O projeto é uma iniciativa que começou em abril, em Belo Horizonte, com a participação de empresários do segmento de moda em parceria com a UEMG – Universidade Estadual de Minas Gerais, que se organizaram para produzir e doar máscaras durante a pandemia COVID-19. Conta com o apoio de diversas empresas e instituições, que divulgam o movimento para atender as demandas de produção e doação a hospitais, asilos e comunidades vulneráveis, além de contribuir com a geração de trabalho e renda para costureiras autônomas.

Além disso, a fabricação e entrega das peças conta com uma rede de solidariedade composta por núcleos com o envolvimento de muitas pessoas e empresas, engajadas a viabilizar o projeto, com doações de tecidos e materiais, mão de obra e doações de recursos financeiros, possibilitando custear alguns materiais e, sobretudo, garantir o pagamento das costureiras do movimento. As doações podem ser feitas pela internet, na plataforma de financiamento coletivo: evoe.cc/um-milhao-de-mascaras ou através de depósito direto na conta da VOLMAPE, Associação de Voluntários do Mário Penna.

Comunicação Diocese de Leopoldina