Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 04 de agosto de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 04 de agosto de 2021

Escola de formação aprofunda temas da Economia de Francisco

26/02/2021 . Notícias da Igreja

Para o ano de 2021, ‘The Economy of Francesco’ oferece um curso on-line avançado chamado The Economy of Francesco School” (“A Escola de Economia de Francisco”) para aprofundar alguns temas do magistério do Papa Francisco, as raízes e as instituições econômicas franciscanas e os temas da Economia de Francisco.

A partir de 3 de março, tem início ‘The Economy of Francesco School’, um curso on-line de formação avançada para repensar a economia a partir dos bens comuns, promovido pelo comitê científico da EoF, para aprofundar os temas da Economia de Francisco a partir dos bens comuns. Três meses depois do evento internacional desejado pelo Santo Padre em Assis, várias iniciativas foram organizadas para animar o movimento global ‘The Economy of Francesco.

Programa

São doze lições e quatro workshops interativos sobre temas dos “bens comuns”: da paz à ética do cuidado, das medidas multidimensionais da pobreza à saúde pública, dos big data à finança ética.

Os docentes da escola são personalidades de renome do mundo acadêmico, do meio empresarial e da sociedade: o Patriarca de Jerusalém, Dom Pierbattista Pizzaballa, que aprofundará o tema da ligação entre Paz, Confiança e Economia; o historiador medieval Giacomo Todeschini fará uma palestra intitulada Riqueza franciscana: as raízes do pensamento econômico franciscano; e a economista estadunidense Julie Nelson, colocará o foco nos grandes ausentes do debate econômico internacional, como a ética do cuidado e os bens comuns.

Também se pronunciarão Cristina Bicchieri, Eve Chiappello, Robert H. Frank, Sabina Alkire, Alex Edmans, Ridhi Kashyap, Francis Dodoo, Jennifer Nedelsky. O programa completo pode ser conferido no site www.francescoeconomy.org

Até o momento são quase 700 os inscritos para participar das aulas em streaming, de mais de 55 países, incluindo México, Itália, Nigéria, Filipinas, Portugal, Estados Unidos, Argentina, Brasil, Cuba, Espanha, Camarões, Chile, Peru, África do Sul, Índia, Quênia, Coreia. São estudantes, economistas, empresários de todo o mundo interessados ​​em contribuir para a concretização de uma nova era do pensamento econômico. Hoje a economia se tornou a gramática da linguagem social e é uma prioridade, caso se queira mudar o mundo.

Aprender a usar os bens sem ser dono dos mesmos

Economy of Francesco é hoje o mais amplo movimento de jovens economistas e empreendedores espalhados em todo o mundo: jovens comprometidos por uma nova economia, à altura dos novos tempos. O século 21 está mostrando que os bens comuns, os bens relacionais e o meio ambiente não são mais gerenciáveis ​​com a lógica capitalista. A sua racionalidade baseada na busca do bem-estar individual não sabe cuidar do planeta, dos bens que usamos juntos e das relações humanas”, declarou Luigino Bruni, coordenador científico EoF, que dará a primeira aula intitulada A economia dos últimos tempos, na quarta-feira, 3 de março.

“Com o terceiro milênio – continua o professor Bruni – entramos definitivamente na era dos bens comuns. Se continuarmos a sentir-nos proprietários e senhores da Terra, da atmosfera, dos oceanos, continuaremos somente a destruí-los. Devemos, logo, aprender a usar os bens sem ser donos dos mesmos, devemos aprender rapidamente a arte da gratuidade, o princípio da altíssima pobreza de Francisco de Assis: o uso sem propriedade”.

Embaixadores da Economia de Francisco do futuro

Para o ano de 2021, The Economy of Francesco oferece um curso on-line avançado chamado The Economy of Francesco School” (“A Escola de Economia de Francisco”) para aprofundar alguns temas do magistério do Papa Francisco, as raízes e as instituições econômicas franciscanas e os temas da Economia de Francisco.

“A formação – afirmam os organizadores da EoF School, Paolo Santori e Valentina Rotondi – é por si só um bem comum, talvez um dos mais importantes para compreender e melhorar a nossa vida em comum. Os seminários do curso gravitarão entre o já e o não ainda: uma formação de alto nível sobre os fundamentos conceituais e práticos da Economia de Francisco, permanecendo aberta a novas perspectivas. Aos participantes dizemos: estejam prontos para aprender, mas também para elaborar o que aprenderam, de forma a se tornarem os embaixadores da EoF do futuro”.

* Com Sala Stampa – Basilica San Francesco Assis

Vatican News