Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 21 de setembro de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 21 de setembro de 2021

Há cinco anos nascia o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida

17/08/2021 . Notícias da Igreja

Criado pelo Papa Francisco em 2016, assumiu as competências e funções que antes pertenciam ao Pontifício Conselho para os Leigos e ao Pontifício Conselho para a Família.

Promoção da vida e do apostolado dos fiéis leigos, cuidado pastoral dos jovens, da família e apoio à vida humana. Estas são algumas das diretrizes que orientam as atividades do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, instituído pelo Papa em 15 de agosto de 2016 com a carta apostólica sob a forma de motu proprio Sedula Mater. “A Igreja Mãe cuidadosa”, diz o texto, “sempre teve, ao longo dos séculos, cuidado e consideração pelos leigos, pela família e pela vida, manifestando o amor do Salvador misericordioso para com a humanidade”. A Carta Apostólica prossegue: “Asseguramos que os dicastérios da Cúria Romana sejam adaptados às situações do nosso tempo e às necessidades da Igreja universal. Em particular, nossos pensamentos voltam-se para os leigos, para a família e para a vida, aos quais desejamos oferecer apoio e ajuda, para que possam ser um testemunho ativo do Evangelho em nosso tempo e uma expressão da bondade do Redentor”.

Ouça e compartilhe

Prefeito, cardeal Kevin Farrell
Prefeito, cardeal Kevin Farrell

Estatuto

O Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida é regido por um Estatuto aprovado ad experimentum em 10 de abril de 2018 e que entrou em vigor em 13 de maio de 2018. O Estatuto declara, entre outras coisas, que entre seus objetivos estão os de promover e encorajar “organizações e associações que ajudem as mulheres e a família a acolher e salvaguardar o dom da vida, especialmente no caso de gravidezes difíceis, e a evitar o recurso ao aborto”. É presidida pelo prefeito, cardeal Kevin Farrell, auxiliado por um secretário, o brasileiro padre Alexandre Awi Mello, e dois subsecretários leigos, dra. Linda Ghisoni e dra. Gabriella Gambino. Tem seus próprios membros e consultores, incluindo fiéis leigos – homens e mulheres, solteiros e casados – engajados em vários campos de atividade e provenientes de várias partes do mundo. Tem um número adequado de funcionários, clérigos e leigos, escolhidos, tanto quanto possível, das diferentes regiões do mundo.

Tarefas

É tarefa do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida promover a vocação e a missão dos fiéis leigos na Igreja e no mundo, tanto como indivíduos quanto como membros de associações, movimentos e comunidades, promovendo neles a consciência da corresponsabilidade, em virtude do sacramento do Batismo, pela vida e missão da Igreja, de acordo com os diferentes carismas recebidos para a edificação comum. O Dicastério também incentiva “a presença ativa e responsável dos fiéis leigos na vida paroquial e diocesana e nos órgãos consultivos de governo da Igreja universal e, ao mesmo tempo, presta especial atenção à sua missão particular de animar e aperfeiçoar a ordem das realidades temporais”. O Dicastério também se dedica “ao cuidado pastoral da família, protegendo sua dignidade e o bem baseado no sacramento do matrimônio, e promovendo seus direitos e responsabilidades na Igreja e na sociedade civil”. Um de seus objetivos é apoiar e coordenar iniciativas para a proteção da vida humana desde a concepção até a morte natural, tendo em mente as necessidades da pessoa nos vários estágios de desenvolvimento”. O Dicastério também promove conferências e eventos internacionais, em particular o Encontro Mundial das Famílias.

Padre Alexandre Awi Mello
Padre Alexandre Awi Mello

Encontro Mundial das Famílias

Este evento tão aguardado será realizado em Roma, de 22 a 26 de junho de 2022, após um adiamento de um ano devido à pandemia. Este décimo encontro internacional tem uma nova fórmula. Assumirá uma dimensão “multicêntrica e generalizada”. Roma será o local principal, mas nos mesmos dias cada diocese poderá promover um encontro local para suas próprias famílias e comunidades. Todas as famílias do mundo serão capazes de desempenhar um papel de liderança. Todos poderão participar”, sublinhou o Papa na mensagem em vídeo por ocasião da extraordinária apresentação da forma deste encontro, “mesmo aqueles que não podem vir a Roma”. O Papa também exorta as pessoas a serem vivas, ativas e criativas, a fim de se organizarem com suas famílias, em sintonia com o que acontecerá em Roma. O tema do próximo Encontro Mundial das Famílias é o amor familiar, como uma vocação e um caminho para a santidade. O evento é organizado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida e pela diocese de Roma e será realizado no sexto aniversário da Amoris laetitia e quatro anos após Gaudete et exsultate….

Amedeo Lomonaco, Silvonei José – Vatican News
Imagem Capa: Plenária do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida (arquivo) (Vatican Media)