Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 24 de julho de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 24 de julho de 2021

Instituições dedicadas a São José, beneficiárias de campanha da Ajuda à Igreja que Sofre

17/02/2021 . Notícias da Igreja

Líbano, Ucrânia, Madagascar, Rússia, Uruguai. Instituições dedicadas a São José e atuantes nestes e em outros países, receberão ajudas da fundação de direito pontifício, no especial Ano dedicado ao Santo Padroeiro da Igreja universal.

Ouça e compartilhe:

A ocasião foi a da Carta Apostólica Patris Corde, publicada em dezembro passado, com a qual o Papa Francisco anunciou o Ano de São José por ocasião do 150º aniversário da proclamação do Santo como Padroeiro da Igreja universal.

Partindo da reflexão contida na carta e do convite para imitar um “Pai com coragem criativa”, a fundação de direito pontifício Ajuda à Igreja que Sofre (ACS, sigla em italiano) lançou uma campanha de arrecadação de fundos para apoiar vários projetos dedicados ao Santo na América Latina, África, Oriente Médio, Europa Oriental e Ásia.

Um deles prevê uma contribuição para a igreja de São José em Beirute, administrada pelos padres jesuítas, que sofreu graves danos com a explosão ocorrida no porto da capital libanesa no início de agosto de 2020. Além das portas e janelas também o telhado, que data do século 19, requer intervenções urgentes. Foi o próprio padre Gabriel Khayrallah, que ali exerce seu ministério, quem sublinhou o profundo vínculo da sua comunidade com o Santo: “Como sacerdotes jesuítas, concentremo-nos em São José, homem de misericórdia e de caridade”.

Já na ilha de Madagáscar, a ACS pretende financiar a construção de uma casa paroquial em Betatão, para ajudar os sacerdotes da paróquia que abrange o território de numerosas aldeias.

No Uruguai, na América do Sul, a fundação pretende destinar fundos para a compra de uma van para a paróquia de São José em Lavelleja, distrito localizado no norte do país. Esta paróquia precisa do veículo para realizar projetos sócio-caritativos e catequéticos, alguns deles em regiões muito distantes.

A ACS também pretende apoiar 56 irmãs da Diocese de São José, na Rússia. Localizada no leste da Sibéria, esta diocese se estende por uma área tão vasta quanto o Canadá. As freiras, pertencentes a várias comunidades, dedicam-se principalmente aos meninos de rua e aos órfãos, especialmente nas grandes cidades.

“Para mim ele é um modelo de trabalho silencioso e paz. Ele nunca se lamentou em momentos difíceis. Não fala no Evangelho, embora sua vida às vezes tenha sido cheia de dificuldades, como a nossa”, explicou uma das religiosas.

Na Ucrânia, a Ajuda à Igreja que Sofre pretende financiar a reforma do convento das Irmãs da Ordem greco-católica de São José em Potelych. As irmãs administram um orfanato no prédio que está em ruínas.

“São José é o padroeiro da nossa Ordem. Seguindo seu exemplo virtuoso, realizamos nosso trabalho com humildade, sem esperar recompensa alguma, e com alegria para a glória de Deus e para o bem da Igreja”, disseram as religiosas.

Fonte: Vatican News