Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 17 de junho de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 17 de junho de 2021

Mali em oração pela libertação da Irmã Gloria Narvaez

09/02/2021 . Notícias da Igreja

Já são 4 anos, desde 7 de fevereiro de 2017, que a freira da Congregação das Irmãs Franciscanas de Maria Imaculada foi sequestrada. Por trás do seu desaparecimento, estaria um grupo extremista próximo ao Al-Qaeda. Todos os anos, iniciativas são renovadas para exigir a sua libertação.

“Querida Irmã Gloria Cecilia, de longe te acompanhamos pedindo ao Senhor força e proteção na tua prisão. As tuas irmãs, que te amam, te esperam com alegria”: assim, com um post publicado no Facebook, a Congregação das Irmãs Franciscanas de Maria Imaculada invoca a libertação da Irmã Gloria Cecilia Narvaez Argoti, sequestrada em 7 de fevereiro de 2017, em Mali. Por trás do desaparecimento, estaria um grupo extremista próximo ao Al-Qaeda.

As religiosas convidam todos os fiéis a rezar pelo retorno à casa da Ir. Gloria e, a ela, em um segundo post acompanhado de algumas fotos que mostram o seu sorriso enquanto realiza a sua missão, afirmam: “Estamos te esperando. A nossa oração te acompanha”. Junto com outras religiosas, ela trabalhava na paróquia de Karangasso, promovendo programas de assistência médica e de valorização das mulheres, além de se empenhar junto a um orfanato.
Todos os anos, a sua recordação, e a esperança que se renova

Vale lembrar que em 7 de fevereiro do ano passado toda a Igreja Católica em Mali organizou um dia de oração pela libertação da religiosa. A iniciativa envolveu 9 paróquias da diocese de Sikasso, conduzida por dom Jean-Baptiste Tiama. O mesmo aconteceu em 2018: naquela época, a Conferência Episcopal do Mali divulgou uma mensagem através de todos os principais meios de comunicação da África Ocidental, pedindo a libertação da Irmã Gloria. Em 2019, entretanto, um pequeno vídeo surgiu através de fontes locais no qual a freira aparecia lançando um apelo para a sua libertação.

As Irmãs Franciscanas de Maria Imaculada são um Instituto de Vida Religiosa fundado por Brader Zahner, em Túquerres, na Colômbia, em 31 de março de 1893 e aprovado definitivamente pela Santa Sé em 16 de maio de 1933. As religiosas se dedicam, principalmente, à instrução e à educação cristã da juventude, especialmente das meninas pobres. A sua fundadora foi beatificada em 2003 pelo então Papa João Paulo II que, na sua homilia, recordou os últimos desejos: “não abandonem as boas obras, a esmola e muita caridade para com os pobres”. Uma “bela lição”, concluiu o Pontífice, “de uma vida missionária a serviço de Deus e dos homens”.

Fonte: Isabella Piro – Vatican News