Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 21 de setembro de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 21 de setembro de 2021

Nova Zelândia: homem próximo ao Isis esfaqueia seis pessoas

03/09/2021 . Notícias da Igreja

O atentado ocorreu num supermercado em Auckland. O homem foi morto pela Polícia. Três pessoas gravemente feridas.

Um “ato terrorista” de um “extremista violento”, inspirado na ideologia do Estado Islâmico, foi perpetrado num supermercado em Auckland, Nova Zelândia, onde um homem de Sri Lanka esfaqueou seis pessoas, ferindo três de forma grave antes de ser morto pela Polícia. A notícia foi confirmada pela primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, numa coletiva de imprensa, na qual reiterou que “o fato ocorrido nesta sexta-feira (03/09), foi desprezível, reprovável e errado”.

O homem tinha antecedentes na Polícia

O agressor chegou à Nova Zelândia em 2011 e era uma ameaça conhecida desde 2016. Por isso, era constantemente monitorado pelas forças de segurança. “Por lei não podíamos mantê-lo na prisão”, enfatizou Ardem, reiterando que a Polícia utilizou todos os meios legais e de vigilância à sua disposição “para tentar proteger as pessoas deste indivíduo”. As razões para esta vigilância ainda são desconhecidas, mas a primeira-ministra pediu que fosse divulgado o máximo de informações possíveis no interesse público.

Comentário da Polícia

As forças de segurança levaram sessenta segundos para deter o agressor, numa Auckland em pleno lockdown devido à pandemia e onde estão abertos apenas supermercados e mercearias. “Reconheço que esta situação levanta dúvidas sobre o fato que a Polícia poderia ter feito mais, intervindo mais rapidamente”, comentou o chefe da polícia neozelandesa Andrew Coster, “mas estou satisfeito”, acrescentou ele. “A realidade é que quando se está observando alguém 24 horas por dia, sete dias por semana, não é possível estar imediatamente ao seu lado em todos os momentos”, acrescentou. Em março de 2019, a Nova Zelândia foi atingida por um atentado islâmico, no qual um homem de 28 anos matou 50 pessoas na Mesquita e no Centro Islâmico em Christchurch.

Michele Raviart – Vatican News
Imagem Capa: Pixabay