Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 20 de abril de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 20 de abril de 2021

PALAVRA DO PÁROCO Pe. Ueliton Neves da Silva MÊS DE abril  .  2021
TODAS AS PALAVRAS DO PÁROCO

Celebrar a esperança no esplendor da glória do Pai

04/04/2021 . Palavra do Pároco

Eis o mistério da fé. Anunciamos a morte do Senhor e proclamamos a sua ressurreição. Vinde Senhor Jesus.

Queridos irmãos e irmãs, a paz do Senhor Ressuscitado esteja sempre convosco.

O medo que nos angustia neste tempo, devido a COVID-19 e os consequentes agravamentos de suas variantes, tem nos imposto medidas ainda mais rígidas de cuidado e preservação da vida.

Estamos celebrando a Páscoa do Senhor. Este mistério de fé não se limita apenas a este tempo litúrgico mas se estende a todos os dias de nossa vida, pois a cada eucaristia nós proclamamos a vida nova que brota da morte, que nasce da fidelidade e obediência ao Pai.

O acolhimento da presença do Cristo Ressuscitado e o comprometimento com o seu seguimento acalma nosso coração e leva para longe de nós o medo, dando-nos segurança no caminhar e nova esperança.

Com as portas de nossas casas fechadas, podemos fazer uma alusão àquele ambiente dos discípulos, devido ao medo. Nele, Jesus aparece e oferece sua paz, fruto gratuito do seu amor, comunicando vida nova àqueles que o acolhem.

A Eucaristia, sacramento de comunhão, de unidade, é e sempre será um alimento insubstituível, sem dúvida, pelo seu valor incomensurável, mas o Senhor nos alimenta também com a Sua Palavra e com o nosso encontro com a outra pessoa, seja na vida conjugal, seja familiar. Não desconsideremos a importância dessa presença e desse alimento que fortalece a nossa saúde emocional, psíquica e espiritual e que, por sua vez, reflete também em nosso corpo, e nos possibilita, em cada “hoje” angustiante, sombrio, mas esperançoso, aguardarmos o “amanhã” luminoso.

Amados irmãos e irmãs, o Cristo, vitorioso da morte, nunca nos abandonará. Recordemos alguns sinais da vida pascal, que estamos testemunhando no Brasil e no mundo: o cuidado e a dedicação dos profissionais da saúde para amenizar o sofrimento e salvar a vida, mesmo correndo o risco de serem infectados; a solidariedade fraterna daqueles que oferecem estendem as mãos sobretudo aos mais pobres e aos irmãos em situação de rua; a convivência familiar, mesmo diante dos conflitos que daí podem surgir, exigindo mais humildade, a prática do perdão e da reconciliação; o carinho e a paciência com os idosos, na sua dificuldade de entender o momento que vivemos; a oração e a comunhão na dor com aqueles que perderam seus entes queridos. Tantos outros sinais de vida podem ser enumerados.

Celebrar a Páscoa a Páscoa é celebrar a vida nova, ressurgida gloriosamente mesmo passando pelo sofrimento e a dor. É a luz que vem até nós, resplandecente do túmulo vazio, inundando nossa alma de todas as certezas de que precisamos para suportar tudo o que vivemos e sublimar o que não conseguimos suportar. Celebrar a Páscoa é celebrar a esperança no esplendor da glória do Pai, que é Jesus. A escuridão da madrugada dá lugar a aurora resplandecente de Cristo, iluminando as trevas de nosso coração e do mundo inteiro.

Irmãos e irmãs, favoreçamos, pois, que a paz do Ressuscitado nos “contamine” abundantemente e fecunde o nascimento de um “novo céu e uma nova terra” que não se restringem ao ambiente externo nem ao tempo futuro, quando este mundo passar, e, sim, que tem seu início no íntimo deste imenso universo que cada ser humano traz em si mesmo.

A vida venceu a morte. O amor venceu o ódio. A paz foi anunciada como fruto da justiça.

Feliz e Santa Páscoa. Que a ressurreição do Senhor renove nossa vida.

Itabira, 04 de abril de 2021.

Pe. Ueliton Neves da Silva
Pároco