Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 21 de setembro de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 21 de setembro de 2021

Ucrânia. “Um ano para Deus”: iniciativa para o Ano Vocacional Orionita

20/08/2021 . Notícias da Igreja

Celebrando os 150 anos de nascimento de São Luís Orione, a iniciativa é reservada aos jovens de 17 a 29 anos. “Um ano de pausa para ajudá-los a se concentrar nas escolhas fundamentais de sua vida e para entender seu lugar na sociedade e na Igreja.” Um tempo para descobrir suas habilidades e se colocar em uma perspectiva de reflexão para seu futuro. Dez meses de formação, aprofundamento da fé, de vida fraterna, de serviço para outros jovens e de colaboração com a Comunidade dos Orionitas

Ouça a reportagem e compartilhe!

De 23 de junho de 2021 a 23 de junho de 2022, a Família Orionita está celebrando os 150 anos de nascimento do fundador, padre Luís Orione, considerado o “Pai das Vocações”, com um Ano Vocacional Orionita. Neste contexto, as comunidades Orionitas de L’viv e Kiev, na Ucrânia, lançaram recentemente uma iniciativa chamada “Um Ano para Deus”.

A iniciativa foi inspirada por uma pesquisa da Conferência Episcopal Francesa sobre a condição dos jovens na França, segundo a qual muitas das novas vocações para o sacerdócio e para a vida religiosa vieram de jovens que tinham frequentado a comunidade de Taizè ou tinham vivido a experiência de “Um ano para Deus”, organizada por algumas dioceses e institutos religiosos.

Assim, um programa foi preparado e adaptado à situação na Ucrânia, foi aberto um website ligado às redes sociais, folhetos foram impressos e enviados a todos os párocos e distribuídos às diversas realidades em contato com os jovens, como universidades, centros juvenis, seminários, e etc.

Iniciativa reservada aos jovens de 17 a 29 anos

Numa nota enviada à Fides – agência missionária da Congregação para a Evangelização dos Povos -, explica-se que a iniciativa é reservada aos jovens de 17 a 29 anos. “Um ano de pausa para ajudá-los a se concentrar nas escolhas fundamentais de sua vida e para entender seu lugar na sociedade e na Igreja.”

“Um tempo para descobrir suas habilidades e se colocar em uma perspectiva de reflexão para seu futuro. Dez meses de formação, aprofundamento da fé, de vida fraterna, de serviço para outros jovens e para pessoas com deficiência, e de colaboração com a Comunidade dos Orionitas.”

Ano será baseado em quatro pilares

Os jovens serão acolhidos na Comunidade de L’viv e o ano será baseado em quatro pilares: Formação (espiritual, humana, intelectual) com cursos semanais realizados na sede dos Orionitas, na Universidade Católica Ucraniana e no Instituto Teológico dos Padres Basilianos.

Serviço na paróquia orionita, no oratório, na casa-família para pessoas com deficiência, com os pobres que a Comunidade ajuda, com trabalhos de manutenção e conservação, ajudando em Kiev na nova atividade.

A fé: experiência de oração pessoal e comunitária; acompanhamento pessoal; apostolado e evangelização; percurso de discernimento. Preparar-se para o futuro: cursos e dias de reflexão para refletir sobre o futuro e orientar a escolha de vida, com a ajuda de um psicólogo, um conselheiro de orientação e alguns líderes empresariais.

Após discernimento, seguir a própria orientação de vida

“Terminado o ano – diz o programa -, cada pessoa volta para casa e para suas atividades normais. Enriquecida por este período de discernimento e reflexão, poderá seguir sua própria orientação de vida e entrar no mundo do trabalho e do profissionalismo, ou iniciar um percurso de consagração a Deus, de acordo com o que cada pessoa escolheu. A pedido da própria pessoa, o curso pode continuar por mais um ano.” As adesões devem ser feitas até o final de setembro.

(com Fides)

Vatican News
Imagem Capa: São Luís Orione, sacerdote e fundador dos Padres Orionitas, é considerado o “Pai das Vocações”