Seja bem-vindo(a) ao Site Oficial do Santuário São Geraldo Majela         -         Itabira, Minas Gerais - 21 de setembro de 2021         -         Acesse nossas redes socais

Itabira, 21 de setembro de 2021

“Vocação Missionária: Testemunhas Femininas na Missão Ad Gentes” é tema da sexta live da série “Mulheres na Missão”, nesta segunda-feira (9)

10/08/2021 . Notícias da Igreja

Ao longo das décadas, missionários e missionárias religiosos ou leigos deixam suas famílias, seu país e vão percorrer outras terras, continentes para se doar àqueles que mais necessitam. A Igreja no Brasil tem se dedicado a servir e evangelizar às nações mais pobres nos lugares mais longínquos do mundo por meio da ‘Missão Ad Gentes’, ou seja, além-fronteiras.

E será sobre o olhar e a presença da mulher na missão, especialmente, esse olhar sobre a vocação missionária Ad Gentes, a partir da mulher que a Comissão Episcopal Pastoral para Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) vai debater na sexta edição da série de lives “Mulheres na Missão”, que será realizada nesta segunda-feira, 9 de agosto, às 15h, no canal da CNBB no YouTube.

Edina  de Carvalho. Foto: Arquivo Pessoal

A assessora da comissão, Irmã Sandra Amado ao lado da assessora de comunicação do Regional Sul 3 da CNBB e integrante da coordenação do Conselho Missionário Regional, Victória Holzbach, vão debater a temática: “Vocação Missionária: Testemunhas Femininas na Missão Ad Gentes”, com a missionária leiga em Moçambique desde 2014, a professora Edina Lima Cardoso de Carvalho.

“Hoje o bate papo é sobre a vocação ad gentes da Mulher e sua contribuição além fronteiras do ponto de vista da mulher consagrada e da mulher leiga, e da mulher casada”, destaca a comissão.

A missão evangelizadora da Igreja em todo o mundo conta em grande parte com participação de mulheres, que estão à frente desde os trabalhos nas pequenas comunidades até os altos cargos de coordenação em entidades nacionais e internacionais.

O Decreto Conciliar “Ad Gentes” sobre a Atividade Missionária da Igreja é categórico quando afirma: “A Igreja peregrina é, por natureza, missionária. Pois ela se origina da missão do Filho e da missão do Espírito Santo, segundo o desígnio de Deus Pai” (AG 2).

Já no proêmio, “Ad Gentes” relaciona a missionariedade da Igreja à sua catolicidade. Em outras palavras: a Igreja deixa de ser católica se não for missionária. “Enviada por Deus à todos os povos para ser sacramento universal de salvação, por exigência íntima de sua catolicidade e obedecendo ao mandato do seu Fundador (cf. Mc 16,16), esforça-se por anunciar o Evangelho a todos os povos” (AG 1).

Mulheres na Missão

A série “mulheres na missão” tem a motivação de provocar a reflexão sobre a animação, e a coordenação de projetos e atividades missionárias no brasil a partir do olhar feminino e concretiza a proposta de vivência da missão prevista no programa missionário nacional (PMN) em consonância com as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (2019-2023).

As lives desta série vão acontecer até dezembro, sempre no dia 8 de cada mês – quando cair no final de semana acontecerá no próximo dia útil. A última edição será no dia 8 de dezembro, no dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição.